Pantanal: 7 coisas que talvez você não saiba sobre a região

Riquíssima em diversidade natural, o Pantanal é um dos mais importantes e impressionantes biomas brasileiros, além de encantar turistas e cientistas do mundo todo.

Confira 7 coisas que 7 coisas que talvez você não saiba sobre o Pantanal

1- O Pantanal tem uma área de proporções gigantescas, que equivalem à Área de quatro países europeus juntos: Bélgic,a Suíça, Portugal e Holanda. São 210 mil Km quadrados de área total. Dessa área, a maior parte fica localizada nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do sul (cerca de 150,3km²) o restante atinge uma parte da Bolívia e do Paraguai (onde recebe o nome de Chaco).

2- O Pantanal sofre influência direta de três importantes biomas brasileiros: Amazônia, Cerrado e Mata Atlântica. Por isso, muitas espécies ameaçadas em outros biomas encontram um lar no Pantanal. Uma dessas espécies é o tuiuiú, ave símbolo da região pantaneira.

Curiosidades sobre o Pantanal. Foto: Reprodução.

3- Segundo o site do Ministério do Meio Ambiente, o Pantanal abriga os seguintes números de espécies catalogadas: 263 espécies de peixes, 41 espécies de anfíbios, 113 espécies de répteis, 463 espécies de aves e 132 espécies de mamíferos.

4- O clima no Pantanal é quente e úmido durante o Verão. No inverno, embora fique um pouco mais frio, a umidade do ar continua alta, por causa evaporação da água que ficou acumulada no solo durante os períodos de cheia. No Pantanal, a maior parte dos solos é arenosa.

5- Além da fauna e da flora impressionantes, podemos destacar outra riqueza do Pantanal: as comunidades tradicionais. As comunidades indígenas quilombolas e dos coletores de iscas na região têm alta influência na cultura local.

6- O Pantanal tem um dia só dele, o dia 12 de novembro. O Dia do Pantanal foi criado pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente em homenagem ao ambientalista Francisco Anselmo, que deu sua vida pela região.

7- O bioma do Pantanal foi reconhecido em 2000 como Reserva da Biosfera. Essas reservas, declaradas pela Unesco, são instrumentos de gestão e manejo sustentável integrados que permanecem sob a jurisdição dos países nos quais estão localizadas. A região também é considerada Patrimônio Natural Mundial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Proudly powered by WordPress | Theme: Baskerville 2 by Anders Noren.

Up ↑